fbpx

Roupeiro Astra: o produto que evoluiu com a família brasileira

Primeira peça foi lançada há 60 anos

Um item fundamental para quem gosta de deixar o banheiro ou quarto bem arrumados, sem roupas espalhadas pelo chão, é o roupeiro. Ele auxilia no armazenamento de roupas, lençóis e toalhas, limpos ou sujos.

Pensando nisso, 60 anos atrás, em 1959, a Astra lançou roupeiros produzidos em Duratex, em três tamanhos diferentes, esmaltados em cores e com decalcomania decorativa de flores.

Foi um sucesso de vendas na época, mas posteriormente, para se adaptar ao mercado, o  roupeiro em Duratex saiu de linha e abriu espaço para o lançamento dos roupeiros de plástico, em três tamanhos: RB4 (em 1974), RB1 (em 1981) e RB2 (em 1987).

Com aspecto ‘enrugado’, o corpo do roupeiro de plástico era fabricado em  polietileno com tampa em polipropileno. Apresentava todas as vantagens que o plástico tem: não era atacado por insetos ou fungos, resistente à umidade e maresia, lavável e não precisava de nenhum tipo de tratamento especial.

O roupeiro plástico foi muito bem aceito  pelo mercado e acabou ganhando outras funções, como armazenar laranja e ração para cachorro. As últimas unidades desse produto foram vendidas no ano de 2012, quando ele saiu de linha.

Modernização dos roupeiros Astra:

Com o passar dos anos, surgiram no mercado outros roupeiros mais modernos e práticos, o que influenciou a Astra a se adaptar.

Foi lançado então, em 2012, o Roupeiro Telado Astra (RB5), que permanece até hoje no mercado. Com design inovador, o produto possui uma tampa para armazenar e organizar roupas, objetos e brinquedos. Conta ainda com um compartimento exclusivo para separar as peças pequenas e/ou delicadas. Com configuração vazada, permite ventilação, evitando o mau cheiro.

Em 2019, a Astra lançará o RB6, um modelo mais compacto, com tampa que abre para todos os lados e cesto para separação de peças. Confira mais detalhes sobre o produto, que será apresentado na feira Abup.

Se sua avó não tinha um roupeiro Astra em Duratex ou em plástico ‘enrugadinho’, você pode encontrar essas peças expostas no Museu Astra.

Museu Astra:
Rua Professor José Leme do Prado, 85 – Jardim Primavera.
Visitação pública: segunda a quinta, das 7h30 às 16h30, e as sextas, das 7h30 às 15h30.

Roupeiro Astra: o produto que evoluiu com a família brasileira

Primeira peça foi lançada há 60 anos

Um item fundamental para quem gosta de deixar o banheiro ou quarto bem arrumados, sem roupas espalhadas pelo chão, é o roupeiro. Ele auxilia no armazenamento de roupas, lençóis e toalhas, limpos ou sujos.

Pensando nisso, 60 anos atrás, em 1959, a Astra lançou roupeiros produzidos em Duratex, em três tamanhos diferentes, esmaltados em cores e com decalcomania decorativa de flores.

Foi um sucesso de vendas na época, mas posteriormente, para se adaptar ao mercado, o  roupeiro em Duratex saiu de linha e abriu espaço para o lançamento dos roupeiros de plástico, em três tamanhos: RB4 (em 1974), RB1 (em 1981) e RB2 (em 1987).

Com aspecto ‘enrugado’, o corpo do roupeiro de plástico era fabricado em  polietileno com tampa em polipropileno. Apresentava todas as vantagens que o plástico tem: não era atacado por insetos ou fungos, resistente à umidade e maresia, lavável e não precisava de nenhum tipo de tratamento especial.

O roupeiro plástico foi muito bem aceito  pelo mercado e acabou ganhando outras funções, como armazenar laranja e ração para cachorro. As últimas unidades desse produto foram vendidas no ano de 2012, quando ele saiu de linha.

Modernização dos roupeiros Astra:

Com o passar dos anos, surgiram no mercado outros roupeiros mais modernos e práticos, o que influenciou a Astra a se adaptar.

Foi lançado então, em 2012, o Roupeiro Telado Astra (RB5), que permanece até hoje no mercado. Com design inovador, o produto possui uma tampa para armazenar e organizar roupas, objetos e brinquedos. Conta ainda com um compartimento exclusivo para separar as peças pequenas e/ou delicadas. Com configuração vazada, permite ventilação, evitando o mau cheiro.

Em 2019, a Astra lançará o RB6, um modelo mais compacto, com tampa que abre para todos os lados e cesto para separação de peças. Confira mais detalhes sobre o produto, que será apresentado na feira Abup.

Se sua avó não tinha um roupeiro Astra em Duratex ou em plástico ‘enrugadinho’, você pode encontrar essas peças expostas no Museu Astra.

Museu Astra:
Rua Professor José Leme do Prado, 85 – Jardim Primavera.
Visitação pública: segunda a quinta, das 7h30 às 16h30, e as sextas, das 7h30 às 15h30.