fbpx
 

Banheiro retrô: decoração com cara de casa de vó

Azulejo floral ou geométrico e louças coloridas combinando compunham o banheiro da vovó

Louças combinadas (pia, bidê e vaso sanitário), cores sóbrias ou pastéis (caramelo, cinza, verde, preto, marrom, rosa, bege etc) e azulejos com estampas geométricas e florais. Quem nunca se deparou com um banheiro com essa combinação na casa da vó? O que foi moda no século XX se transformou em retrô no mundo atual. E por que não reproduzir um ambiente desse novamente em casa?

  Confira alguns produtos da Astra que ajudavam a decorar os banheiros das vovós:

Assento sanitário com tampa decorada: era marca registrada das vovós, principalmente a cor caramelo.

Armários de alumínio: com espaço interno, para guardar os produtos de higiene e deixar fora do alcance das crianças.

Saboneteira e papeleira de embutir: para proteger o papel-higiênico e o sabonete contra a umidade.

Caixa de descarga: no banheiro da casa das avós tinha a famosa cordinha, que as crianças adoravam brincar, mas tinham dificuldade para alcançar.

Roupeiro: organizava de forma prática o ambiente.

Se sua avó não tinha nenhum desses produtos no banheiro, você pode encontrar essas peças expostas no Museu Astra.

Museu Astra:
Rua Professor José Leme do Prado, 85 – Jardim Primavera - Jundiaí/SP.
Visitação pública: segunda a quinta, das 7h30 às 16h30, e às sextas, das 7h30 às 15h30.

 Banheiro retrô: decoração com cara de casa de vó

Azulejo floral ou geométrico e louças coloridas combinando compunham o banheiro da vovó

Louças combinadas (pia, bidê e vaso sanitário), cores sóbrias ou pastéis (caramelo, cinza, verde, preto, marrom, rosa, bege etc) e azulejos com estampas geométricas e florais. Quem nunca se deparou com um banheiro com essa combinação na casa da vó? O que foi moda no século XX se transformou em retrô no mundo atual. E por que não reproduzir um ambiente desse novamente em casa?

  Confira alguns produtos da Astra que ajudavam a decorar os banheiros das vovós:

Assento sanitário com tampa decorada: era marca registrada das vovós, principalmente a cor caramelo.

Armários de alumínio: com espaço interno, para guardar os produtos de higiene e deixar fora do alcance das crianças.

Saboneteira e papeleira de embutir: para proteger o papel-higiênico e o sabonete contra a umidade.

Caixa de descarga: no banheiro da casa das avós tinha a famosa cordinha, que as crianças adoravam brincar, mas tinham dificuldade para alcançar.

Roupeiro: organizava de forma prática o ambiente.

Se sua avó não tinha nenhum desses produtos no banheiro, você pode encontrar essas peças expostas no Museu Astra.

Museu Astra:
Rua Professor José Leme do Prado, 85 – Jardim Primavera - Jundiaí/SP.
Visitação pública: segunda a quinta, das 7h30 às 16h30, e às sextas, das 7h30 às 15h30.