fbpx

5 dicas para cuidar das suas plantas

As plantas trazem vida ao ambiente, deixando-o mais bonito e aconchegante. Não é necessário saber 100% de jardinagem para adotar um pequeno ou grande jardim em casa.

Se você gosta de plantas e do bem que o verde da natureza proporciona aos ambientes, confira dicas simples para cultivar plantas em casa.

Organização é tudo

Suas plantas precisam de alguns cuidados para que cresçam bonitas e saudáveis, e organização com certeza é uma delas. Seja em um ambiente pequeno ou em um enorme jardim, procure sempre deixar tudo em ordem.

Para economizar espaço é possível aproveitar alguma parede da residência para instalar nichos e prateleiras, assim é fácil acomodar vasinhos de plantas específicas para ambientes pequenos: cactos, suculentas etc.

Pequenos vasos de plantas podem ser acomodados em caixas plásticas. Assim, é possível economizar espaço e deixar as plantas juntas, auxiliando na decoração do ambiente.

Quando não é possível aproveitar o solo para plantar e criar um jardim, é legal buscar auxílio de vasos, já que esses podem ser deslocados no ambiente para encontrar o lugar mais apropriado para acomodar as plantinhas. Ainda, podem ser encontrados em diversas cores e materiais, que trazem mais vida ao ambiente.

A metragem reduzida na sua varanda talvez não permita a colocação de vasos, por isso uma solução é explorar o espaço das paredes. Existem plantas específicas, como a samambaia, que tornam o jardim vertical ainda mais bonito.

Em residências que têm espaço para jardim, uma boa solução são canteiros, pois eles podem agrupar plantas de uma mesma espécie, ou de espécies parecidas, deixando o espaço mais bonito, organizado e sem sujeira.

Vasos grandes são a solução perfeita para quem não quer plantar mudas grandes diretamente no solo. Além de organizar pequenas árvores, eles podem compor a decoração do seu lindo jardim.   

 

A planta correta para cada ambiente

Você ama plantas e quer enfeitar a sua casa com elas? Entenda melhor qual a planta ideal para cada cômodo do seu lar.

Salas

Salas com janela e boa incidência de luz natural são ambientes adequados para receber as orquídeas. Elas são flores sensíveis, mas que podem ser criadas em ambientes internos. Além disso, por apresentar variedades de cores e tamanhos são uma boa opção para combinar com a decoração desse cômodo.

Cozinha

Opte na cozinha por flores que tenham um aroma mais ameno, para não entrarem em conflito com o cheiro dos alimentos. Adquira então violetas-africanas em suas diversas tonalidades, para trazer à mesa das refeições um ar mais alegre.

Você ainda pode escolher por simpáticos vasinhos com ervas e temperos na cozinha, para acomodar boldo, hortelã, alecrim, manjericão etc. Eles vão proporcionar ao ambiente um cheirinho gostoso de tempero fresco e facilidade na hora de cozinhar. Vale lembrar que essas plantinhas precisam todos os dias de sol pela manhã e um pouco de água.

Jardim

Seja em um apartamento ou em uma casa, flores na varanda, quintal ou jardim trazem boas energias para o lar, deixando-o mais acolhedor. Nessas áreas da casa são recomendadas flores que amam um solzinho, como: azaleias, petúnias e onze horas.

Use e abuse de vasos coloridos para deixar o ambiente mais lúdico e atraente. Os itens podem ficar dispostos de diversas maneiras: em banquetas, no chão, pendurados na parede (no estilo jardim vertical).

Quartos

Nos quartos é preciso tomar cuidado com as plantas! Muitas delas liberam cheiros fortes e soltam bastante pólen, que podem causar alergias nos moradores. Então, nesse cômodo, são recomendadas flores que aumentam a umidade do ar, como o lírio da paz. É uma plantinha que precisa de uma boa sombra e uma rega por semana, mas garante um toque delicado à decoração.

Mais uma alternativa é a lavanda, também conhecida como alfazema, uma flor que oferece ao ambiente um cheiro suave e agradável. Essa florzinha transmite ainda relaxamento, logo, estimula e contribui para melhores noites de sono.

Cactos, suculentas e flores artificiais trazem delicadeza e descontração à decoração dos quartos.

Banheiro

Sim, é possível ter flores nos banheiros e lavabos. Mas nesses cômodos é necessário optar por uma plantinha que se adapte a variações de umidade e temperatura. De preferência, mudas de flores que já estejam crescidas, pois o ambiente dificulta o desenvolvimento de sementes plantadas recentemente. Com isso, um vaso de violeta é uma ótima opção para o banheiro, já que adiciona um toque de cor e sutilidade ao cômodo.

Outra opção é a Kalanchoe ou planta-da-fortuna, que tem variação de tons, entre rosa, vermelho, alaranjado, amarelo, branco e lilás, podendo combinar com os acessórios da decoração do ambiente. Essa plantinha deve ser cultivada em um ambiente úmido, com temperaturas entre 13°C e 29°C.

Rega

Muitas pessoas têm dificuldades de cultivar plantas por não saber como regá-las direito. Para tirar algumas das suas dúvidas, preparamos uma listinha do que você deve saber:

  • Regue generosamente, evite apenas borrifar água na planta.
  • Regue a terra, e não na folhagem.
  • Observe suas plantas, elas dizem muito sobre si, ou seja, é possível perceber quando uma planta está com excesso ou falta de água. 

Lembre-se! Essas são dicas genéricas, cabem apenas para algumas plantas. Ainda existem outras espécies que necessitam de cuidados diferentes dos citados. Vale pesquisar na internet as especificidades e os cuidados de cada planta separadamente.

Compostagem

Você nunca ouviu falar em compostagem? Saiba que essa prática faz muito bem para todo tipo de plantinha.

Compostagem é um conjunto de técnicas aplicadas para estimular a decomposição de compostos orgânicos, que geram um material rico em nutrientes que servem como adubo para a terra.

Viu como é fácil? Agora é só colocar a mão na terra e deixar a sua casa mais verde.